terça-feira, 4 de agosto de 2009

AlfabetizAAAAAHr

Quando éramos criança, eu me lembro da minha mãe ensinado a Thais a

ler e escrever. Lembro-me que eram os primeiros anos do construtivismo, as

cartilhas haviam sido condenadas e abolidas . Minha mãe ficava nervosa, a

Thais chorava e minha mãe ficava mais nervosa ainda. Essa cena se repetiu

muitas e muitas vezes.

Minha mãe, até hoje diz : - A pior parte de ter um filho, é

alfabetizá-lo !

Hoje posso compartilhar dessa verdade: Como está sendo difícil

alfabetizar a Fernanda !

Ela lê duas vezes a mesma palavra e na 3º, diz que não sabe. Ela

chora. Presta atenção em tudo, menos na lição. Erra, apaga, erra de novo a

mesma coisa . Chora. As lágrimas caem na página do caderno. Ela apaga o

erro e as lágrimas. Faz um buraco na folha. Escreve com letra grande, não

cabe na linha, apaga tudo de novo. Ela fica de pé. Senta no Joelho. Senta

na pontinha da cadeira. Cai da cadeira. Chora. Deixa o lápis cair. Quebra a

ponta do lápis. Aponta. Deixa o lápis cair de novo. Chora. Reclama.

Pergunta. Reclama de novo: - Como é mesmo que faz isso mãe ? Como é que lê

isso, mãe ? Eu não sei, mãe ! Posso parar ? Só mais esse ! Tô cansada !

Minha mão tá doendo! A Natália tá me atrapalhando ! (É... ainda tem a

Natália...)

Enfim, eu fico nervosa... mais nervosa... muito mais nervosa !

Acho que eu estou perdendo "aquelaaaaa" vontade que eu tinha de ser

professora ! Já pensou ter que aguentar mais de 1 Fernanda !!!



Fiquem em paz !

1 comentários:

Ana Paula disse...

Nossa, que barato!!!

Postar um comentário